147206882 - Portrait of woman with lines on her face
Credito: Robert Daly/OJO Images/Getty Images

Os exageros da cirurgia plástica

Como em tudo na vida, exagerar na cirurgia plástica também faz mal e pode levar até à morte. Algumas pessoas acreditam que irão conseguir mudar até o seu jeito de ser após realizar um procedimento e o pior: nunca estão satisfeitas com os resultados e querem sempre mais para ficarem “de bem” com o espelho.

Cuidados com as fotos com filtro

Muitas pessoas chegam no consultório decididas a ficarem com a mesma aparência de fotos repletas de filtros, mas é preciso ter muito cuidado com esse desejo. A cirurgia plástica precisa valorizar a sua beleza da forma mais natural possível. Geralmente essas alterações mostram resultados irreais que só são vistos através da tela do celular.

Resultados excessivos

Grande parte desses resultados excessivos, partem de um panorama de condutas ruins para a cirurgia plástica que é formada por diversos fatores, como:

Existem “profissionais” que atuam de forma ilegal sem a fiscalização ou aprovação do Conselho Regional de Medicina (CRM) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC);

Clínicas de cirurgia plástica que não obedecem ou são aprovadas pela Anvisa, trazem grandes chances de infecções e complicações durante os procedimentos;

Alguns cirurgiões prezam mais por “conseguir um paciente” e, por isso, acabam menosprezando os problemas psicológicos de alguns pacientes.

O cirurgião plástico pode dizer não?

Todo especialista busca a forma mais viável de tornar o desejo do paciente em realidade. No entanto, o maior compromisso sempre será com a saúde e o bem-estar. Cabe ao cirurgião plástico orientar o paciente de modo a alcançar o resultado mais harmônico em relação a suas características pessoais, sem que a saúde seja prejudicada. Dessa forma, ele pode, sim, contraindicar um procedimento, quando necessário, sob o ponto de vista clínico ou estético.

Como saber se a plástica é indicada para o seu caso

Cada caso deve ser considerado de forma individualizada, levando em conta as características físicas, queixas, necessidades e estado de saúde do paciente. Somente um cirurgião plástico é capaz de avaliar a situação como um todo e indicar o procedimento mais adequado no momento.

O que considerar após se decidir por uma cirurgia plástica?

  • Escolher um cirurgião de confiança, que opera em instalações médicas credenciadas;⠀
  • Investigar fatores de risco e avaliar o estado geral de saúde;⠀
  • Esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao procedimento;⠀
  • Mudar hábitos que podem ser prejudiciais.⠀

Gostou das dicas e das informações de hoje? Para saber tudo sobre cirurgia plástica e saúde é só continuar acompanhando meu blog e minhas redes sociais.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp